Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem não conhecia, saiam enquanto é tempo...Para quem já conheceu, puxem duma cadeira...Vem aí a versão 2.0...

Very bad mood...

O ser humano tem particularidades irritantes...

Eis algumas...

 

- Falar ao telemóvel com um nível de decibéis capaz de tornar o telemóvel totalmente desnecessário, porque mesmo que a outra pessoas esteja em Tóquio, é perfeitamente audível...

- Dialogar com outra pessoa e a dita pessoa teimar em dar toques no nosso ombro...Pode ser um tique nervoso, é verdade...Mas nestes casos, eu também possuo um tique nervoso ao qual apelido jab de esquerda...

- A constante alegação de certas pessoas que nunca meteram a pata na poça, que a sua perfeição é até capaz de ofuscar os pombos, logo nunca nenhum lhes cagou em cima ou possuem uma alma tão imaculada que já foram alvo de inúmeros processos por parte do Skip, Tide e Ariel por concorrência desleal...

- O brilhantismo verbal de algumas pessoas que alegam não serem capazes de passar a noite num Hostel porque não se dão bem em ambientes hostis (sim, não só o comentário é verídico como a pessoa vai sofrer horrores nas próximas 27 reencarnações pela verbalização do mesmo...).

- Inventar novas formas de queimar neurónios a cidadãos normais em forma de publicidade do Pingo Doce...

 

Hoje deu-me para isto...

Uáti???

O exame toxicológico feito à Amy Winehouse não detectou substâncias ilegais...

Hum...

Eu bem que achei estranho ver o Jorge Palma no aeroporto com um bilhete para o Reino Unido e um aspirador industrial...

 

Uma real cagada...

Professora universitária portuguesa expulsa do Brasil por não ter reais


Ok...

Levando em conta que isto se passou no Rio de Janeiro...acho isto a coisa mais idiota que alguma vez li...Já se isto se tivesse passado em Lisboa...continuava a ser a coisa mais idiota que alguma vez havia lido! Aliás, acho que isto é idiota em qualquer parte do mundo, mas eu tenho uma forma de estar e pensar distinta...

Então deixem-me lá tentar perceber este hilariante contexto...Se uma pessoa não carregar fisicamente consigo a divisa do país onde aterra, tem guia de marcha imediato...

Hum...Let me think for a bit...

Nop...Não me recordo de me terem barrado a entrada quer em Heathrow ou Gatwick ou sequer de me terem perguntado se tinha libras na minha posse (embora tinha uma quantidade industrial de tabaco na mala, mas era todo ele para consumo próprio)...

Mas a verdadeira questão aqui é...


Ela foi expulsa por não ter reais...

E se tivesse um bom par de mamas?

Se calhar a questão nem se colocava...

Pelo andar da carruagem, um dia destes um tipo só passa mesmo nos aeroportos se for correio de droga...

Uma real cagada...

Professora universitária portuguesa expulsa do Brasil por não ter reais

 

Ok...

Levando em conta que isto se passou no Rio de Janeiro...acho isto a coisa mais idiota que alguma vez li...Já se isto se tivesse passado em Lisboa...continuava a ser a coisa mais idiota que alguma vez havia lido! Aliás, acho que isto é idiota em qualquer parte do mundo, mas eu tenho uma forma de estar e pensar distinta...

Então deixem-me lá tentar perceber este hilariante contexto...Se uma pessoa não carregar fisicamente consigo a divisa do país onde aterra, tem guia de marcha imediato...

Hum...Let me think for a bit...

Nop...Não me recordo de me terem barrado a entrada quer em Heathrow ou Gatwick ou sequer de me terem perguntado se tinha libras na minha posse (embora tinha uma quantidade industrial de tabaco na mala, mas era todo ele para consumo próprio)...

Mas a verdadeira questão aqui é...

 

Ela foi expulsa por não ter reais...

E se tivesse um bom par de mamas?

Se calhar a questão nem se colocava...

Pelo andar da carruagem, um dia destes um tipo só passa mesmo nos aeroportos se for correio de droga...

 

 

I...O caraças...

Vivemos numa sociedade de tal forma agarrada às novas tecnologias que quando alguém não tem a última versão do IPhone ou Ipad, é quase recebido com um sonoro "Ai F*da-se...".

Uns dias atrás almoçava eu descansado com amigos e sou confrontado com um comentário interessante...Pousei o meu telemóvel em cima da mesa como sempre o faço e ouço o seguinte...

 

- Porra, gato...Não me digas que não tens dinheiro para comprar um IPhone...Nokia é paleolítico...

 

Fiquei a matutar naquilo por breves instantes e respondi...

 

- Epá, tu não me digas uma coisa dessas...Até já estou com uma pontada no coração e tudo...Oh, vida cruel...O que será de mim agora que a sociedade sabe que eu não tenho um IPhone...Serei apedrejado? Queimado na fogueira? Ou simplesmente será que me estou bem a f*der para isso e vou espetar o belo do meu Nokia na tromba da sociedade até ela ficar cega, qual vampiro a mirar uma cruz embebida em água benta, com um ligeiro trago a alho???

 

Resposta...

 

- F*da-se...Tu és dramático!!!

 

Sério, leitores...Ajudem-me lá aqui um cadito...

Ter um Iphone torna-me melhor pessoa? É que se a resposta reside aí, digo já que é um balúrdio de dinheiro deitado ao lixo...Não sou boa pessoa e as opiniões dividem-se sobre se sou uma pessoa boa...

Ter um Iphone é uma questão de status? Novamente, é um balúrdio de dinheiro deitado ao lixo porque o único status que gosto à brava, são os Status Quo e deles, já tenho os vinis...

Ter um Iphone é um brinquedo sexual de última geração? Deve ser, porque o sorriso de satisfação naqueles que o possuem (a palavra possuir não foi colocada aqui ao acaso...Não estou no auge do meu humor, mas também não estou tão mau quanto pintam...)...

- Ter um Iphone é um fashion statement? Please...

Ok, admito...Os telemóveis hoje em dia permitem muito mais do que fazer ou receber chamadas...Mas daí a uma pessoa ser tratada como um proscrito por não ter na sua posse um IPhone é talvez das coisas mais idiotas que já ouvi...

É a mesma coisa que um tipo conduzir um Lexus ou um Renault 4...Ambos servem para o mesmo efeito, simplesmente com consumos distintos...

Querem saber a verdadeira ironia de tudo isto?

 

- Er...Gato, emprestas-me o teu telemóvel?

- Hum...Desculpa??? Então, o que se passa com a tua 8ª maravilha do mundo?

- Não tenho rede...

 

{#emotions_dlg.lol}

Ok, o problema não era propriamente do ICoiso, mas do operador...Mas soube-me bem na mesma...

Um post à moda antiga...

Hoje em amena cavaqueira com uma amiga, discutia-se alguns dos erros mais comuns cometidos pelos homens na abordagem ao sexo feminino...

 

- A expressão "abordagem" para alguns homens leva-os para o mundo imaginário dos Piratas das Caraíbas, logo uma grande maioria grunhe, rosna, grita a plenos pulmões a expressão "Arrrrgh!!!" como se a vida sexual deles dependesse disso.

- A expressão fofa, princesa, bebé e Pocahontas são de evitar (nem que seja por Pocahontas na boca de alguns homens soar a microondas...) numa primeira abordagem...Nunca se deve susbtimar a mala de uma mulher e muito menos o seu peso esparramado na tromba de um homem.

- Nunca se deve convidar uma mulher para jantar em casa do homem alegando que ela pode fazer o dito...Existe uma séria possibilidade da mulher sofrer do sídrome Sandra Brazão e decidir abrir os bicos do gás e ir comprar tabaco enquanto o T2 do homem vira um fogo de artifício de celebração do novo ano chinês...

- Se a mulher recusar uma primeira investida, não lhe perguntar se ela é lésbica...Não só porque pode realmente ser, mas simplesmente porque é a coisa mais idiota passível de ser dita (a não ser que o homem consiga ser ainda mais idiota e pergunte depois se não quer convidar a amiga lésbica dela para uma ménage e uma tentativa de reconversão ao sexo masculino...).

- O homem nunca deve dizer que não gosta de mulheres intelectuais...Isso vai de encontro aos desejos femininos, porque elas também não gostam de homens idiotas...

- Num primeiro encontro, o homem não deve levar a mulher ao Portugal dos Pequeninos, Badoca Park ou Circo Chen...Isso demonstra a pequenez de espírito, a sensibildiade de animal e a personalidade de palhaço que o homem possui...

E mais importante...

- Pensar como uma mulher...Se pensam como os homens que são, tá tudo f*dido...

:)

FOOOO-DAAAAA-SEEEEE!!!!

Pá, já não há pachorra!!!

A partir de hoje, tenho um novo inimigo de estimação... Chama-se Paulo Leandro...Ou Pedro Leandro...Ou Chitãozinho e Xóróró...Ou Leandro e Leonardo, sei lá!!!

O que sei é que é o caramelo do gestor de loja do Pingo Doce que me invade o rádio todo o dia e a televisão à noite para dizer que se há uma promoção na concorrência, que vá lá comprar mas que se for para comprar as compras do mês, que dê lá um saltito à loja dele...

A ti, tenho a dizer o seguinte...

 

Bacano, tou-te com um pó que nem te consigo ver, quanto mais ouvir...Se eu julgava que a tua amiga da voz esganiçada que traumatizou Portugal e mandou dezenas de carros com vidros partidos para a Carglass era o fim da picada, olha que tu não ficas atrás...

Eu por norma até sou um gajo pacífico mas ouvir-te logo pela manhã 329 vezes faz-me sentir no meio de uma crise precoce de PDI...Fonix...

Portugal atravessa uma crise???

Eu é que estou numa crise de nervos que até já tenho receio de ligar o rádio e ouvir a tua voz meio melro, meio call center erótico...

Alguém por favor diga ao Pedro Ribeiro da Comercial que isto é demais...Se ouço este gajo mais uma vez enquanto vou a conduzir, eu juro que vou parar o carro e tento cortar os pulsos com as escovas do limpa vidros ou furo a carótida com a vareta do óleo...

 

E já agora...

Sou só eu que ouvi mas existe realmente um jingle do Pingo Doce em que a frase final "Pingo Doce, venha cá" é cantada por um bando de homens cujas vozes soam a lenhadores barbudos do Wisconsin que não vêm uma mulher vai para três décadas???

Jesus F*cking Christ...

Como não tenho nada melhor alinhavado, lá vai alho!!!

Hoje recebi um email curioso...

A pessoa não se identifica e obviamente o endereço já não existe o que comprova que há muita gente que se dá ao cabo dos trabalhos para chatear a molécula a outras pessoas em vez de se dedicarem a esgalhar o macaco ou a pintar frutas de acrílico...

Basicamente e para abreviar a coisa, abordo demasiado sexo...Sexo para aqui, sexo para ali, pilas para acolá, vaginas até ao infinito e beyond...Ah, e também sou um cristão de m*rda porque faço troça da religião 30 vezes a cada 10 palavras que utilizo...

 

Hum...

 

Fiquei a matutar nos argumentos apresentados....Ok, fui sentar-me na retrete e como me esqueci de levar a TV Guia, o melhor que encontrei foi dar 5 minutos da minha capacidade de análise ao email recebido...

Primeiro...O sexo é das fontes de humor mais profícuas existentes ao cimo da terra...Ok, não é bem tipo ver o Ronald McDonald a ter sexo com um travesti nas imediações da Fonte Luminosa a gritar "How do you like my Mcwrap?" mas andará lá perto (não consigo evitar as piadas, é mais forte que eu...).

Depois, a questão da religião...Já me disseram que ser católico não praticante é a mesma coisa que ser voyeur numa praia pejada de mulheres muçulmanas de burka...It doesn't add up...

Bem, se vamos por aí também há muito boa gente que são tarados sexuais não praticantes (masturbação não conta, bem como buracos na parede, cheirar lingerie da vizinha roçarem-se em 300 gajas nas festas de espuma das discotecas...). E se vamos pela troça da religião, então temos de retroceder aos primórdios do humor e observar atentamente os Monty Phyton no "The Holy Grail" ou "The Life of Brian"...Duas das maiores bíblias cinematográficas do sec. XX no que diz respeito ao humor a troçar da religião...Ou Mel Brooks e sua "Mais Louca História do Mundo"...

E já agora...

Se o humor, o sexo e a religião são assim tão incompatíveis, então a pornografia tem de parar de fazer filmes com freiras que parecem saídas da Passerelle, padres com gaitas que parecem rolos de fita policial "Crime Scene, Do Not Cross" ou demonstrarem aos adolescentes de hoje a extraordinária capacidade humana de adaptação a espaços reduzidos como...por exemplo...Epá, assim de repente ocorre-me um confessionário! Juro, foi perfeitamente aleatório...

 

Para alegria de alguns e tristeza de outros, não tenho a mínima intenção de moderar a minha escrita ou mudar uma porra de uma reticência que seja...Quanto ao humor, faz parte do pacote...Uns dias mais refinado, outros grosseiro...O sexo? Bem, se mais gente o praticasse menos gente teria tempo disponível para criar mails para mandar um email para depois apagar o dito mail...Quanto à religião, é ponto assente que vou acabar nos quintos dos infernos...Já confirmei que há lá quiosques para comprar tabaco e uma loja de conveniência onde me abastecer de álcool para tornar a minha eternidade mais suportável...

 

"A minha alma arde mas as minhas palavras consomem-vos..."

 

:)

Sooo....Where is the damn cat???

Tou farto de levar no toutiço...

Tenho o (mau, dizem alguns) hábito de em período de férias, deixar de dar sinal de vida...Não que esteja incontactável, mas simplesmente estou-me a marimbar para a civilização (tirando a BP onde vou comprar tabaco e o jornal, a pastelaria onde faço por disparar a minha glicémia e os meus clientes que quando um gajo diz que vai de férias é a mesma coisa que dizer "sim, pode ligar todos os dias para me dizer que está a coçar a micose")...

Coisas giras que estou a fazer agora que em qualquer outra altura do ano seria impossível...

 

- Apreciar a arte de cuidar de um bonsai...E perceber se quando um gajo se farta daquilo, há alguma loja especializada que venda mini moto serras para mandar aquilo abaixo in style...

- Um estudo comparativo que comprove que quanto maior a quantidade de pornografia no disco rígido do computador de um homem, maior a probabilidade do mesmo praticar sexo tântrico visto que demora 30 minutos a abrir uma pasta, 60 minutos a fechar a mesma pasta e cerca de 3 horas a apagá-la...É de louvar!

- Jogging, mas de uma forma máscula...Nada de fitinhas da Fila no cabelo ou calções apertados de Lycra...Uso bandolete (mas é uma bandolete máscula...)!

- Vegetar e enfardar doses cavalares de séries televisivas...E anúncios do Continente a falar mal do cabaz do Pingo Doce...E anúncios do Pingo Doce a falar mal dos preços do Continente...

What the fog???

Nevoeiro cerrado em Agosto como esteve hoje só pode significar 1 de 3 coisas...

 

- O São Pedro andou a fumar umas brocas...

- O Jorge Palma foi promovido a São Pedro...

- O São Pedro e o Jorge Palma renderam-se à onda festivaleira e entraram no espírito da coisa (não que o Jorge Palma precise de desculpas, mas enfim...)!

Uma caixinha catita que permite pesquisar as entranhas dos últimos anos de posts. Muito útil, principalmente porque nem eu já me lembro de metade do que escrevi...

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Agosto 2011

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Licença

Licença Creative Commons
Este obra para além de estar razoavelmente bem escrita (se assim não fosse, não havia tanta gente a plagiá-la), está também licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D